terça-feira, 1 de abril de 2008

Campanha contra o vício

Chinês viciado em internet morre após sete dias jogando on-line... Gascoigne é viciado em bebida energética... Pornografia na Internet vicia mais do que crack... Ozzy Osbourne viciado em cereal Sugar Puffs... Índios estão viciados em cocaína, diz Funai... Vício em internet é doença mental, afirma especialista...

Por que trago estas notícias? Porque o vício é realmente triste. A dependência, a falta de opção... A pessoa se fecha e só o que interessa é o objeto do vício. Nada mais importa...

O leitor que tiver acompanhado os último posts do blog terá conhecido sintomas típicos de um dos mais terríveis tipos de vício: o de séries de TV. A pessoa não se desliga de suas séries favoritas e passa todo o tempo pensando no próximo episódio.

Para os roteiristas e produtores, bola dentro! Centenas de pessoas que vivem da criação deles. Para os amigos e familiares dos viciados, nada pior...

Venho aqui clamar e pedir ajuda, pensando apenas no bem de meus amigos. Temos, pelo menos, três viciados, uns nem tão anônimos assim... Não é fácil para nós, não é fácil para eles. Vejam os posts... São um claro pedido de ajuda!

Aqueles que conhecerem um tratamento possível, com medicamentos (receitados por House) ou de choque (como os que os Outros aplicavam no namorado de Alex), um Seriemaníacos Anônimos ou qualquer outra possibilidade de cura (de um E.R., Grey´s Anatomy e afins) por favor, entrem em contato.

Pelo bem dos viciados, pelo bem dos mais próximos... Diga sim a essa campanha!
Eu, choro por dentro e por fora... Pois já não sei o que fazer. Apenas rogo para que meus amigos possam, um dia, dizer: somente por hoje não verei um episódio dos Simpsons! Somente por hoje não tocarei no controle remoto!

3 comentários:

Grazy Vedder disse...

Alan...vc está bem?

Juliana Aquino disse...

"Alan... vc está bem?" [2]
Beijocas da viciada

Alan DB disse...

Estou... foi só uma constatação. Com sono...