quinta-feira, 10 de julho de 2008

Todo cuidado é pouco


Sabe aquela frase dita por todo mundo algumas vezes na vida que diz que todo cuidado é pouco? Então, o FBI acabou de me dar toda certeza disso. Por volta das 10h estava eu trabalhando quando li uma matéria na BBC Brasil que pode transformar qualquer pessoa comum em neoróticos de um dia para outro, afinal a violência corre solta, infelizmente.
Com o título de "Serial killers costumam ser 'pessoas comuns', diz FBI" ela me chamou atenção.
Segundo a matéria, noção de que serial killers seriam pessoas solitárias e desajustadas com uma inteligência acima da média - uma imagem amplamente divulgada por filmes de Hollywood - é um mito perigoso que pode prejudicar investigações criminais, de acordo com um relatório divulgado pelo FBI (Federal Bureau of Investigation, a polícia federal americana).
O relatório diz que vários serial killers não correspondem a essa imagem e que, por isso, teriam mais facilidade para agir despercebidos.
Pois é, não é que devem existir vários Dexters da vida espalhados por aí e gente nem sabe?! Medaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

3 comentários:

Grazy Vedder disse...

Pois é...e o Dexter é totalmente inverso à essa descrição, com exceção da inteligência.

Por ele ser muito inteligente, ele percebe que precisa ter um convívio social com todas pessoas á sua volta, insiste ter uma namorada, finge ter um grupo de amigos, tudo para parecer oa mais ajustado possível na sociedade.

E eu concordo com vc Jú...tem muito mais "Dexters" por aí do que a gente imagina...todo cuidado é pouco!

Juliana Aquino disse...

Amigaaaaaaa
medaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Flavia Lima disse...

Medo... muito...