terça-feira, 20 de novembro de 2007

Teorias "Cobalísticas"

Navegando pelo meu antigo blog, eis que me deparo com um post, do dia 06/07/2006, explicando o "Não-sentimento", assim sugindo as Teorias Colísticas. Abaixo reproduzo o post:

"Nada como uma conversa no bar da Cobal, com amigos inteligentes e engraçadíssimos, à base de muito chopp, para fechar bem o dia. Aliás, de serem tão inteligentes que surgem as teorias mais esdrúxulas, os tornando, consequentemente, engraçados.

Não importa se a conversa é séria ou superficial, uma conversa com aqueles que vc adora, sempre vai ser uma conversa boa. E em meio de uma das várias conversas que tivemos ontem, acabamos falando dos cantores que fazem a linha romântico e "oh girl, como sofro sem vc"!

Obviamente, foi inevitável não soltar a seguinte teoria: "Eles são uns fingidos...homem é canalha pq finge que sofre, e a mulher uma otária, pq realmente sofre!". Logo após, eis que a nossa querida amiga Jú solta a seguinte pérola: "O único sentimento que o homem possui, é o não-sentimento".

Não mais palavras....pq senão estraga!

Perfeito Jú!!! Valeu!"

Explicado??!!

Bjs e inté!

3 comentários:

Juliana Aquino disse...

Hahahahahahahaha
O que o chope não faz a uma pessoa.. hahahaha
Aquele dia foi cômico! ô historinha boa, sô!

Alan D. Braga disse...

Viva o não-sentimento. hehehe

Léo Ramos disse...

Eu e Alan somos adeptos do não-sentimento