terça-feira, 17 de março de 2009

Clodô -

Well, não vou fazer uma dissertação sobre Clodovil Hernandez que, infelizmente, faleceu nesta terça-feira após um AVC seríssimo. Mas como ele era o rei das frases polêmicas vou deixar neste blog uma pequena homenagem a ele citando algumas de suas frases, ou melhor, pérolas. Que ele fique em paz.

"R$ 30 mil é tão pouco... Se ainda fossem uns US$ 30 milhões... Por R$ 30 mil vender um país, você está louco. Cada um pesa o dinheiro na sua balança. E a minha precisa de muito." - Declaração dada ao G1 após ser eleito (03/10/2006)

"A senhora quer fama? Faz como eu: trabalha, insiste que a senhora consegue." - Irritado com a vereadora Claudete.

"Da fruta que eu gosto, o Leonardo DiCaprio gosta até do caroço. Sei disso porque boi preto conhece boi preto." - Veja 2007

"Tem que vender disco na rua (...) Ele vai fazer o quê? Ele vai fazer o que todo crioulo faz no Brasil? Vai virar ladrão, bandido ou o quê?" - Depois das reclamações do cantor Agnaldo Timóteo, sobre a presença de fiscais municipais no centro de São Paulo, que o impediam de vender seus CDs.

Agora a minha preferida

"Eu sou do tipo de homem que gosta verdadeiramente de mulher porque eu nunca enfrentei uma mulher." - Folha de São Paulo - 2007

2 comentários:

Bibi disse...

Eu já adoro a que diz que "boi preto conhece boi preto". hahahahahaha Doidão demais! A morte de Clodovil me trouxe uma sensação tão curiosa: não páro de rir desde ontem. Não é falta de respeito. É que as pessoas começam a fazer retrospectivas... Ele era muito doido! De frases que outros jamais diriam! Se achava e se bancava. Não concordava com ele ideologicamente, mas, vez ou outra é bom ver alguém que não faz parte do esquemão do circo do entretenimento.

Juliana Aquino disse...

Ele era um louco, destemperado, mas com pérolas hilárias!! hahaha